3 aparições oficialmente declaradas falsas pela Igreja

Clique no Botão do Whatsapp e compartilhe com 5 Pessoas
Em tempos de “fake news”, não surpreende que muitas das alegadas aparições da Virgem Maria ou de santos como São José sejam falsas. Mas isso não é coisa apenas desta época: ao longo dos séculos, a Igreja avaliou incontáveis ​​revelações privadas e declarou a maioria delas como falsas.

São reconhecidos como merecedores de veneração somente os poucos relatos que se comprovaram autênticos e espiritualmente frutíferosapós minuciosos e profundos estudos, não apenas realizados por autoridades eclesiásticas, mas também por analistas e cientistas laicos.

O primeiro passo no processo de reconhecimento de uma determinada aparição é a aprovação do bispo da diocese em que vive o visionário. Um documento do Vaticano redigido em 1978 descreve os passos necessários para confirmar uma revelação privada:

Quando a Autoridade Eclesiástica for informada de uma suposta aparição ou revelação, será sua responsabilidade:

a) julgar o fato segundo critérios positivos e negativos;

b) se o exame resultar em conclusão favorável, permitir manifestação pública de culto ou devoção supervisionando-a com grande prudência (pro nunc nihil obstare).

c) enfim, à luz do tempo transcorrido e da experiência, com especial atenção à fecundidade dos frutos espirituais gerados a partir dessa nova devoção, expressar juízo quanto à autenticidade e caráter sobrenatural, se o caso assim justificar.

Somente a Santa Sé pode anular a decisão do bispo local – e, para reverter essa decisão, seria preciso comprovar-se algo grave, dado que já houve um processo de discernimento sério e abrangente.

Os 3 casos de revelações particulares que apresentamos a seguir foram registrados em tempos recentes e a Igreja os considerou inautênticosou sem caráter celestial sobrenatural. Por isso, os fiéis são orientados a se distanciarem dessas supostas devoções:

1 – Itapiranga, AM, Brasil

ITAPIRANGA,APPARITIONS ,EDSON GLAUBER

Andreas Bucksrucker | YouTube

Supostas aparições de Nossa Senhora, frequentemente acompanhada de São José, teriam sido testemunhadas por Edson Glauber a partir de 1994, no município brasileiro de Itapiranga, Estado do Amazonas. No início, as visões foram levadas em consideração de modo aberto e favorável pelo bispo local, mas, após investigações mais aprofundadas, a Igreja oficialmente as declarou inautênticas em fevereiro de 2017.

2 – Cleveland, Ohio, EUA

Maureen Sweeney Kyle teria tido várias visões e recebido mensagens supostamente celestiais, que, examinadas pelo bispo local, foram declaradas em novembro de 2009 como sem origem sobrenatural.

3 – Dublin, Irlanda

Uma mulher cujo pseudônimo era “Maria Divine Mercy” (“Maria Misericórdia Divina”) declarou ter recebido mensagens do Céu relativas a supostas profecias, mas, após estudá-las, a diocese as declarou em contradição com a doutrina católica. A suposta visionária chegou a publicar livros, em 2012, que continham o que ela chamava de “preparação para a Segunda Vinda” do Messias.

Fonte: Aleteia

Clique no Botão do Whatsapp e compartilhe com 5 Pessoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.