Os anjos da guarda existem? Eles sofrem?

Clique no Botão do Whatsapp e compartilhe com 5 Pessoas

Sim, os anjos da guarda não só existem como possuem uma nobre missão aqui na terra. A fé da Igreja Católica nos ensina que:

336 Desde o início até a morte, a vida humana é cercada por sua proteção e por sua intercessão. “Cada fiel é ladeado por um anjo como protetor e pastor para conduzi-lo à vida.”

Catecismo da Igreja Católica

A função do anjo da guarda se estende além de nos proteger de acidentes, ou demais acontecimentos que possam nos acometer fisicamente. O anjo da guarda tem como missão primária, o cuidado da nossa alma. Ou seja, ele nos auxilia no caminho para chegarmos à salvação, nos iluminado, nos dando sinais, afastando os demônios e nos livrando de outros males, tanto corpóreos como espirituais, podendo até fazerem milagres. Os anjos sofrem quando nós padecemos de algum mal?

“Os anjos não sofrem nem pelos pecados, nem pelas penas dos homens. No dizer de Agostinho, tristeza e dor resultam do que contraria a vontade. Ora, nada acontece no mundo que contrarie a vontade dos anjos e dos demais bem-aventurados, porque suas vontades aderem perfeitamente à ordem da divina justiça. Com efeito, nada acontece no mundo que não seja feito ou permitido pela justiça divina. Portanto, absolutamente falando, nada acontece no mundo que contrarie a vontade dos bem-aventurados.. Assim os anjos, falando de modo geral e absoluto, não querem que os homens pequem e sofram. Mas querem que a respeito disso seja guardada a ordem da justiça divina segundo a qual alguns são sujeitos a penas, sendo-lhes permitido pecar”

Suma Teológica – Santo Tomás de Aquino

Ou seja, os anjos não se entristecem  já que reconhecem a vontade e permissão divina em tudo que acontece na terra e já que no céu não há tristeza, nem sofrimento. A Suma Teológica de Santo Tomás nos exorta:

“Onde há tristeza e dor não há perfeita felicidade; por isso, diz o Apocalipse: E não haverá mais morte, nem luto, nem clamor, nem mais dor. Ora, os anjos são perfeitamente felizes. Logo, de nada se condoem.”

Suma Teológica – Santo Tomás de Aquino

A respeito da invocação do Anjo da Guarda nos momentos de tentação, São João Bosco nos diz:

“Ele deseja ajudar você mais do que você deseja ser ajudado por ele”

Conhecendo a importância do Anjo da Guarda em nossas vidas,  invoquemos sempre com confiança e amor o seu auxilio para nos conduzir a salvação eterna.

Referências

  1. Suma Teológica – Santo Tomás de Aquino
  2. Catecismo da Igreja Católica
  3. https://padrepauloricardo.org/episodios/qual-a-missao-dos-anjos-da-guarda
Clique no Botão do Whatsapp e compartilhe com 5 Pessoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.