Quais as conseqüências de se crer na reencarnação?

Clique no Botão do Whatsapp e compartilhe com 5 Pessoas

Vejamos que a crença na reencarnação é algo recorrente, não só nos dias atuais, mas também em toda história da igreja, como por exemplo, na época do Concílio Vaticano II. Observe a exortação presente no Catecismo da Igreja Católica:

A morte é o fim da peregrinação terrestre do homem, do tempo da graça e da misericórdia que Deus lhe oferece para realizar sua vida terrestre segundo o projeto divino e para decidir seu destino último. Quando tiver terminado o único curso da nossa vida terrestre, não voltaremos mais a outras vidas terrestres. Os homens devem morrer uma só vez. Não existe reencarnação depois da morte.”

Catecismo da Igreja Católica, 1013

A reencarnação nada mais é que uma tentativa do ser humano, de ter um consolo, quando decide ir por caminhos distintos, segundo os quais não quer aceitar suas conseqüências, ou mesmo como uma forma de fuga frente a dor. As palavras parecem soar simples e sem conseqüências, porém crer na reencarnação acarreta para á vida do individuo DRÁSTICAS conseqüências, vejamos algumas delas:

  1. Torna o seu humano incapaz de tomar decisões e fazer renúncias á luz da verdade de Cristo, tornando-os avessos a assumir as conseqüências de seus atos;
  2. Eleva o individuo a condição de SENHOR, de SALVADOR;
  3. Induz o individuo a viver de maneira desordenada, sem levar a sério a sua conduta na vida terrena, o que pode levar a alma para o INFERNO;
  4. Não trata com seriedade a REDENÇÃO DE CRISTO;

Renunciemos, pois, a qualquer doutrina que venha tratar a reencarnação como algo real e bom. Busquemos a santidade na VIDA TERRENA, considerando que ela é ÚNICA e DETERMINANTE para nossa vida eterna.

Referências

  1. Catecismo da Igreja Católica
  2. https://padrepauloricardo.org/episodios/quais-as-consequencias-de-se-crer-na-reencarnacao
Clique no Botão do Whatsapp e compartilhe com 5 Pessoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.