Saiba quem é São Rafael Arcanjo!

Clique no Botão do Whatsapp e compartilhe com 5 Pessoas

Dentre os Anjos que, conforme narram as Escrituras, se revelaram aos homens como mensageiros de Deus e executores de seus desígnios, destaca-se também o glorioso Arcanjo São Rafael, que se serviu de aparência humana e se relacionou diretamente com os homens com os quais conviveu durante meses. Seu nome quer dizer “medicina de Deus” e sobre as funções atribuídas a Rafael não temos mais do que sua declaração para Tobias (Tb12), que orava e enterrava os mortos. Rafael oferecia suas orações para o Senhor, que o tinha enviado para curá-lo de sua cegueira e salvar Sara – esposa de seu filho – do demônio.

A categoria judaica dos arcanjos é reconhecida no Novo Testamento (1Ts 4,15 e Jd 9), mas apenas Gabriel e Miguel têm o nome mencionado. Muitos comentadores, no entanto, identificam Rafael como “o Anjo do Senhor” mencionado em Jo 5,4. Essa conjectura é baseada no significado do nome e no papel de cura atribuído a Rafael, no livro de Tobias.

Sua missão principal no mundo foi guiar os homens, ampará-los e defendê-los contra os males corporais e espirituais que lhes pudessem ameaçar.

Muitos foram os fatos que marcaram sua presença na vida da família de Tobias: livrou o jovem da boca do enorme peixe que lhe surgiu na frente, livrou Sara, filha de Raguel, do demônio que a infelicitava, e o velho Tobit da cegueira.

Guia, protetor e amparo dos homens, como se mostrou na missão que Deus lhe confiou na Terra, é o advogado compassivo junto de Deus em favor dos homens constituídos em quaisquer condições de vida e pertencentes a todas as classes.

São Rafael é advogado diante de Deus, sobretudo, daqueles que cuidam das obras de caridade, dos pobres e enfermos, vendo neles a própria pessoa de Nosso Senhor, dedicando-lhes, assim, seu tempo, seu amor, sua ajuda.

Uma prova disso é a história de São João de Deus, o grande santo nascido em Portugal, em 1497, fundador dos Irmãos da Caridade e que ainda muito jovem saiu de casa. Foi pastor, empreendeu aventuras militares, viajou pela Espanha e pela África, seguindo os conselhos dados pelo Arcanjo e contidos nas Escrituras, contando sempre com sua proteção.

Veja também: O Terço de São Rafael Arcanjo

Em seu pequeno hospital, tratava-se dos doentes com humildade, e João de Deus, sem estudos em medicina, superava os médicos na eficiência das curas. Em sua biografia, publicada quando de sua canonização, em 1690, testemunha-se sua grande devoção a São Rafael Arcanjo e do quanto foi por ele orientado e auxiliado em seu caminho de busca de santidade.

Com certeza, se como ele conhecermos o livro histórico de Tobias, veremos claramente o quanto ele pode e quer estar também conosco e em nossa peregrinação por este mundo, e nos levar à felicidade eterna.

Gaudium sit tibi semper – A felicidade esteja contigo para sempre – (Tb 5,11). Essa foi a saudação que São Rafael Arcanjo, trazia em suas mãos, da parte de Deus, as bençãos para a família de Tobit, homem bom e generoso, da tribo e da cidade de Neftali, na Galiléia. Bençãos de esperança e confiança na misericórdia e no poder de Deus: “Tem ânimo, porque é fácil a Deus curar-te!” (Tb 5,13). E realmente se aproximava o tempo de o Senhor curá-lo de sua cegueira e abençoar toda a sua descendência.

Nesses tempos difíceis, pelos quais passa toda a humanidade, especialmente os cristãos, recorramos à intercessão valiosa desse querido servo de Deus, mensageiro sempre fiel, e ouçamos atentos seu conselho:

“Bendizei o Deus do Céu, e dai-lhe glória diante de todo ser vivente, porque ele usou de misericórdia para convosco” (Tb 12,6)

Fonte: Devocionário dos Santos Arcanjos, pg 81.

 

Clique no Botão do Whatsapp e compartilhe com 5 Pessoas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.